Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
05/07/2013
Para Oséas Machado, Cuiabá se prepara para um futuro bem melhor

Ao se pronunciar na Câmara Municipal de Cuiabá, acerca das obras relacionadas à Copa 2014 e outras que acontecem nos quatro cantos da capital mato-grossense, o vereador Oséas Machado,  PSC, salientou que a população tem se sentido incomodada com os transtornos que o empreendimento traz, "por vezes criticando com razão". Porém, no seu entendimento,  o saldo da presente insatisfação será compensador dentro em breve. "Se hoje o povo se queixa dos desvios, buracos, acessos vetados (com veículos) aos locais que costumava frequentar diariamente, é porque muita coisa está acontecendo com foco num amanhã futurista. Após a conclusão de todos os projetos, sem dúvida Cuiabá ficará linda. Parabenizo, assim, o Governo do Estado pela iniciativa de tocar esses empreendimentos, complexos em sua maioria. As atuais críticas serão compensadas pelos elogios de um amanhã e próximo, tenho convicção".
 
Ele voltou também a destacar a questão da UPA Pascoal Ramos, que considera já uma "novela insossa". O parlamentar observa que a edificação da UPA - Unidade de Pronto Atendimento irá atender toda a região Sul, não especificamente o Pascoal Ramos. "A região Sul é enorme, precisa ser assistida, respeitada pelos governantes. Cabe a todos trabalhar conjuntamente para que a propalada UPA saia do diálogo e se transforme na prática tão desejada por todos os residentes no setor periférico. Inclusive, por toda Cuiabá. Uma UPA representa um diferencial expressivo de apoio ao todo da Saúde".
 
Oséas citou emenda parlamentar de autoria do deputado federal Valtenir, no valor de R$ R$ 3,1 milhões, para a construção de um Centro de Diagnóstico na região Sul. "Gostaria que fosse edificado no mesmo local onde hoje está a UPA Pascoal Ramos. Facilitaria em muito o trabalho de atendimento que será realizado ali".
 
Na sequência das críticas de Oséas, o vereador Allan Kardec Pinto, PT, disse que o caso dessa UPA já virou "dramalhão mexicano". Ele afirmou que os recursos já foram empenhados e que providências precisam ser tomadas imediatamente, para evitar que o governo federal corte a verba direcionada ao empreendimento. Os vereadores Arilson da Silva, do PT, e Ricardo Sadd, do PSDB, também reforçaram as críticas sobre o impasse em torno da construção da UPA. "Ao que tudo indica, parece que a Prefeitura de Cuiabá prefere perder os recursos federais autorizados à construção da UPA Pascoal Ramos. A Prefeitura sequer iniciou as obras. A sociedade exige respostas e ações. Mas isso não está acontecendo".
 
João Carlos Queiroz Secom/Câmara


Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
22/05 - Nadaf articula emenda para construção de centro comunitário no Três Lagoas
22/05 - Estudantes do Jardim Industriário II participam do projeto Cuiabaninhos
22/05 - Vereador Sargento Joelson abre espaço para campeã brasileira de MTB Marathon
22/05 - Edna comemora aprovação do Plano em votação final na Câmara Municipal
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.