Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
16/08/2013
Vereadores cobram celeridade nas obras da SECOPA
Os vereadores da Câmara Municipal de Cuiabá, afirmaram que vão fiscalizar com mais rigidez, o andamento das 56 obras, que estão sendo realizadas em Cuiabá e Várzea Grande pela SECOPA. Os parlamentares vão realizar um levantamento minucioso devido aos atrasos e prejuízos causados aos comerciantes e a população.

De acordo com o vereador Leonardo de Oliveira (PTB), líder do Governo, às informações devem chegar a Câmara, relatando os andamentos das obras: “Cadê os relógios que seriam instalados nas obras, cronometrando o prazo de entrega”.

O vereador Máro Nadaf (PV), alegou que isso causa muitos prejuízos aos empresários: “É um ‘genocídio’ ao comércio”, afirmou.

De acordo com apontamentos realizados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), as obras apresentam atrasos, o que pode causar sérios transtornos para o evento, que somam em investimentos públicos cerca de R$ 3 bilhões, dos quais R$ 2,06 bilhões estão vinculados às obras de mobilidade urbana. Espera-se atrair cerca de  70 mil turistas no Mato Grosso, durante a Copa do Mundo.


Conheça as obras:

Mobilidade urbana

Soluções que transformarão a região metropolitana num aglomerado urbano organizado, com infraestrutura viária e de transporte coletivo adequadas às novas necessidades de uma população sempre crescente.
Veículo Leve sobre Trilhos (VLT)

Com dois eixos, CPA-Aeroporto e Coxipó-Centro, o modal está em fase de implantação no canteiro central das avenidas Historiador Rubens de Mendonça, FEB, 15 de Novembro, Tenente-Coronel Duarte (Prainha), Coronel Escolástico e Fernando Correa da Costa. Serão três terminais de integração e 33 estações, que terão uma distância média de 500 a 600 metros entre um ponto e outro.

Ao longo dos 22,2 quilômetros de trajeto do VLT serão edificados cinco viadutos, quatro trincheiras e três pontes. A capacidade máxima de passageiros será de 400 pessoas por veículo e o tempo de espera para o embarque será de até quatro minutos. A obra será concluída em março de 2014.

Travessia Urbana

As obras de travessia urbana na capital mato-grossense são resultado de um convênio entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e o Governo do Estado de Mato Grosso, na ordem de R$ 165 milhões. Essas intervenções abrangem os trechos urbanos de três rodovias federais (BRs 364/163/070), que englobam as avenidas Miguel Sutil, Fernando Corrêa da Costa e FEB. Estão em andamento a construção das trincheiras Jurumirim/Trabalhadores, Santa Rosa e Verdão, o viaduto do Despraiado, o Complexo Viário do Tijucal e o viaduto da Dom Orlando Chaves .

Corredor Mário Andreazza

O corredor Mário Andreazza tem duas etapas: a duplicação da ponte Mário Andreazza e a duplicação da rodovia Mário Andreazza. O objetivo é facilitar o acesso do aeroporto à Arena Pantanal e também ao Centro Oficial de Treinamento da Barra do Pari, o COT de Várzea Grande. As obras do Corredor Mário Andreazza devem ser entregues até o fim deste ano.

Obras de acesso à Arena Pantanal

Estão em andamento a duplicação da estrada da Guarita, a duplicação da ponte sobre o rio Pari, a trincheira Mário Andreazza e algumas obras de pavimentação em ruas e avenidas próximas ao estádio.

Outras intervenções de mobilidade urbana

Dezenas de obras de mobilidade não previstas na Matriz de Responsabilidades também estão em andamento na cidade, como duplicação de avenidas, construção de pontes, asfaltamento de ruas e alargamento de vias. A função dessas obras é desafogar o trânsito das principais avenidas na cidade, melhorando também o acesso a bairros populosos da capital.

Aeroporto Internacional Marechal Rondon

A maioria dos aeroportos brasileiros passa por algum tipo de reforma e Cuiabá por ser uma das 12 cidades-sede também tem priorizado ações que acarretarão na melhora da infraestrutura e acolhimento dos turistas. Com a reforma e ampliação, a área construída passará dos atuais 5.460 para 13.200 metros quadrados. A capacidade também subirá de 2,5 milhões para 5,7 milhões de passageiros ao ano, oferecendo melhor estrutura e segurança.

Centros Oficiais de Treinamentos (COTs)

Dois Centros Oficiais de Treinamento, conforme as obrigações assumidas com a Fifa para realizar o evento, estão em construção nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande. Tanto o COT da Barra do Pari (capacidade para 3 mil torcedores), em Várzea Grande, quanto o COT da UFMT (capacidade para 1.500 torcedores) atendem aos padrões NBR 9050 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que asseguram a acessibilidade para cadeirantes, idosos, cegos, surdos, mudos e obesos.

Arena Pantanal

Localizada em uma região da cidade que permitirá uma melhor integração com a comunidade, a Arena Pantanal está inserida em uma área com mais de 300 mil m2, contando com passarelas, uma praça com espaço de lazer, atividades esportivas, lago artificial, lanchonetes, escalinata, restaurante e muito verde. As dependências do novo Verdão têm capacidade também para abrigar lojas, congressos, feiras, shows, restaurante e até mesmo um hotel. O estádio, com capacidade para 44.336 torcedores, será integrado a um amplo complexo esportivo que inclui o Ginásio Aecim Tocantins, um palácio de artes marciais e parque aquático.


Stephanie Romero - Secom


Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
19/04 - Kits da 1ª Corrida de Rua Família Popular começam a ser entregues
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.