Início
NOTÍCIAS
26/09/2013
Muvuca fala sobre problemas do transporte de Cuiabá e pede melhorias
Na condição de um cidadão cuiabano que não concorda com várias atitudes da atual gestão envolvendo o transporte público de Cuiabá, o jornalista José Marcondes, conhecido como Muvuca, utilizou a tribuna da Câmara Municipal nesta quinta-feira (26) para expor sua opinião sobre o precário serviço oferecido pelas empresas que operam na Capital. Além de críticas, ele também apresentou algumas sugestões para melhorias nos serviços públicos que afetam milhares de usuários e também de condutores.

O espaço para ele utilizar a tribuna na Câmara foi proporcionado pelo vereador Allan Kardec (PT) que entende ser necessário oportunizar aos cidadãos interessados, esse espaço no  Legislativo Municipal, para debater temas relevantes e de interesse coletivo como é o caso do transporte público.

Muvuca lembrou que o problema no trânsito de Cuiabá, de uma forma geral, já começa pela falta de sinalização adequada em determinados locais onde existem lombadas, os populares quebra-molas. “São muitas lombadas sem sinalização espalhadas que além de aumentar o risco de acidentes, e do ponto de vista mecânico, estão favorecendo as montadoras de automóveis e oficinas. São verdadeiras armadilhas para os trabalhadores”, disse o jornalista, ao fazer referência aos gastos com manutenção dos veículos em virtude dos prejuízos causados nos veículos quando passam sobre lombadas não sinalizadas numa velocidade incompatível para transpor o obstáculo.

O guinchamento de veículos na Capital e a cobrança de várias taxas para os donos reaverem os carros e motos também foram criticados por Muvuca. “É preciso lembrar que Cuiabá tem muitas ruelas estreitas e antigas que não acompanharam o crescimento da frota de veículos. Isso prejudica condutores e também o transporte coletivo. Ao invés de procurar soluções para esse problema o prefeito resolve guinchar veículos e cobrar taxas exorbitantes. Não se pode colocar o aparelho estatal, o Executivo Municipal contra o cidadão como está ocorrendo hoje”, opinou o jornalista em sue pronunciamento.

Ele também criticou o fato de as mesmas empresas atuarem há vários anos no transporte de Cuiabá e não promoverem melhorias como renovação da frota com ônibus equipados com ar condicionado.  Lamentou ainda os vetos do Executivo ao pacote de 5 projetos de leis aprovados em junho, por unanimidade no Legislativo, para promover melhorias no transporte coletivo. E por fim, Muvuca deixou como sugestão, que seja modificado o artigo 3º da lei municipal número 5.669 de 1º de agosto desse ano, que dispõe sobre a integração nos ônibus que circulam na Capital. Sugeriu que seja permitida a integração   com o cartão transporte unitário que o usuário é obrigado a adquirir e que não dá direito a fazer integração como ocorre com o cartão transporte pessoal (nominal).  



Welington Sabino- Assessoria de Gabinete



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
22/02 - Nota de Pesar |Hermenegilda Siqueira Silva
21/02 - Arquivo Geral receberá nome do Vereador Clovito Hungueney
21/02 - ONG faz do apito arma contra importunação sexual no Carnaval
21/02 - Vereador Renivaldo Nascimento realiza atendimentos externos
21/02 - Dr. Xavier: "Nova ponte do Taquaral {Terra Vermelha} é conquista nossa em prol dos produtores familiares"
20/02 - Vinicyus indica à inserção de estagiários de educação física nas academias ao ar livre
20/02 - Câmara de Cuiabá paga salário de fevereiro
20/02 - Parlamento Cuiabano abre diálogo em apoio aos técnicos da educação
20/02 - Câmara aprova 33 requerimentos durante sessão desta quinta, dia 20
20/02 - Ex-vereadores e ex-servidor serão homenageados pela Mesa Diretora
20/02 - A pedido de Luis Claudio, Câmara poderá criar Frente Parlamentar ligada a saúde
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.