Início
NOTÍCIAS
07/03/2013
Técnica em Vigilância em Saúde da SMS fala sobre focos de dengue
Otmar de Oliveira
Também se pronunciando hoje (07-03) da Tribuna Livre do Legislativo de Cuiabá, a técnica Moema Couto Silva Blatt, da Vigilância em Saúde, discorreu sobre o trabalho da Pasta no município para combater o mosquito aedes aegypti, vetor da dengue. Ela exibiu mapas que enfocam aspectos epidemiológicos levantados nas diferentes regiões da cidade, além do controle da infestação do aedes pela SMS e registros oficiais contabilizados de infectados nos dois últimos anos. Moema alertou que, com a finalização do período chuvoso, a tendência é de que as larvas do mosquito procriem e mais ocorrências de dengue voltem a surgir no município.
 
"Temos quatro tipos de vírus da dengue circulando na cidade. A estimativa da SMS é de que 12 mil casos aconteçam em 2013 em Cuiabá, mais ou menos 1,5% da população. A SMS tem realizado monitoramentos semanais, por vezes diários, para que possa ter um mapeamento claro dessa situação em todas as regionais. Já atendemos 848 casos de dengue até à semana passada. Significa, por alto, mais uns 1.600 ou 1.800 não contabilizados, ou seja: são doentes que não procuraram a rede municipal de Saúde".
 
Moema Blatt afirmou que não existe nenhum local de Cuiabá em que o mosquito aedes aegypti não esteja presente. A maior incidência de larvas do vetor encontra-se nos bairros periféricos, principalmente os da região Sul, a exemplo do Tijucal e unidades comunitárias que compõem o Grande Pedra 90, disse. O Distrito Industrial foi outro ponto assinalado pela técnica como infestado pelo vetor. Ela alertou acerca da necessidade de que todos colaborem para a eliminação dos focos.
 
"Também já detectamos a presença desse mosquito em bairros da área central, a exemplo do Dom Aquino. Lixo nos quintais favorece a proliferação, além de outros fatores. A maior medida para resguardar os criadouros do aedes é manter as residências bem limpas, no geral. O Comitê de Mobilização Contra a Dengue, do qual este Parlamento participa, tem frisado isso. Resta que todos colaborem com essa luta. Afinal, é pela vida".
 
O vereador Maurélio Ribeiro, autor da solicitação da presença da técnica Moema Blatt (SMS) em Plenário para falar sobre dengue, agradeceu as informações repassadas na Tribuna Livre. "Os mapas apresentados no telão demonstram que a dengue é um desafio permanente. O aedes se proliferou pela cidade inteira e há tempos tem causado vítimas. A técnica Moema fez uma explanação muito elucidativa, verídica. De fato, os bairros cuiabanos têm registrado incidência avassaladora dessa doença. Mas a Câmara não viu ainda nenhuma ação estratégica da SMS para um enfrentamento de eventual epidemia".

Secom/Câmara João Carlos Queiroz



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
15/10 - NOTA DE ESCLARECIMENTO
15/10 - CPI da Santa Casa define data para realização das oitivas
15/10 - Portadoras da fibromialgia pedem aprovação de lei na Tribuna Livre
15/10 - Profissionais querem alterar nomenclatura do cargo de TDI para PDI
15/10 - Zidiel apresenta projeto voltado aos usuários do SUS
15/10 - Gratuidade de coletivo para pacientes renais crônicos será tema de audiência pública
15/10 - Câmara irá promover audiência pública para debater a microcefalia e suas conseqüências
15/10 - Projeto garante mais tempo para disléxicos nos concursos públicos em Cuiabá
14/10 - Coralistas são homenageados na Câmara Municipal
14/10 - CPI define oitivas durante reunião ordinária
14/10 - ARTIGO - Professor, o provedor de todas as profissões
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.