Início
NOTÍCIAS
20/09/2018
Bussiki é nomeado membro do Conselho de Bem-Estar Animal
Brunna Maria - CMC

O vereador Marcelo Bussiki (PSB) foi nomeado membro-titular do Conselho de Bem-Estar Animal, criado para estabelecer políticas públicas de proteção animal e gerir os recursos do Fundo Municipal do Bem-Estar Animal. Ele representará a Câmara de Cuiabá na discussão sobre a proteção e defesa dos animais na Capital.

A nomeação está publicada no Diário Oficial que circula nesta quarta-feira (19).  Para Bussiki, a nomeação é  a consolidação do trabalho que vem desenvolvendo desde o início do seu mandato, como  a autoria do anteprojeto de lei que permitiu a criação da Diretoria de Bem-Estar, vinculada à secretaria de Meio Ambiente, o Fundo Animal e o próprio Conselho.

Isso só foi possível por meio da parceria com as ongs e protetores de animais, segundo Bussiki. “Iniciei meu mandato empenhado em tentar solucionar os problemas relacionados ao abandono de animais. São centenas de animais que precisam deixar as ruas e encontrar um lar. Com a apoio dos protetores de animais e, agora, como parte do conselho, vamos avançando para encontrar uma solução”, disse.

Além gerir os recursos do Fundo do Bem-Estar Animal, o conselho tem a função de analisar e deliberar sobre projetos de incentivos fiscais, assim como parcerias entre o Executivo e as entidades de proteção, para a promoção da defesa dos animais.

Também deve atuar na proteção e defesa dos animais contra situações de maus-tratos e abandono, na conscientização da população sobre a necessidade de se adotar animais e sobre  os princípios da posse responsável.

“Buscamos a  promoção de medidas educativas e de conscientização da população sobre a causa animal, assim como soluções para o controle populacional que contemplem registro, identificação, recolhimento, manejo e destinação de cães e gatos abandonados. São ideias e ideais que pretendemos colocar em prática com a colaboração do conselho”, assegurou.

O conselho ainda é composto por outros 9 membros indicados pelas Secretarias de Meio Ambiente, Saúde, Educação, Fazenda e Ordem Pública, assim como representantes de Organizações Não-Governamentais (Ongs) ligados à causa animal.

Eles deverão se reunir ordinariamente  uma vez por mês e todas as decisões deverão tomadas  por  maioria  simples. O mandato dos conselheiros é de 4 anos, podendo haver apenas uma recondução.


Assessoria de Imprensa do vereador Marcelo Bussiki

Karine Miranda - (65) 9 9262-4101



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
15/10 - NOTA DE ESCLARECIMENTO
15/10 - CPI da Santa Casa define data para realização das oitivas
15/10 - Portadoras da fibromialgia pedem aprovação de lei na Tribuna Livre
15/10 - Profissionais querem alterar nomenclatura do cargo de TDI para PDI
15/10 - Zidiel apresenta projeto voltado aos usuários do SUS
15/10 - Gratuidade de coletivo para pacientes renais crônicos será tema de audiência pública
15/10 - Câmara irá promover audiência pública para debater a microcefalia e suas conseqüências
15/10 - Projeto garante mais tempo para disléxicos nos concursos públicos em Cuiabá
14/10 - Coralistas são homenageados na Câmara Municipal
14/10 - CPI define oitivas durante reunião ordinária
14/10 - ARTIGO - Professor, o provedor de todas as profissões
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.