Início
NOTÍCIAS
28/11/2014
Arilson questiona aumento da tarifa de esgoto e reforça a luta contra as cobranças abusivas
Ednei Rosa
Uma série de reclamações contra a Cab foi reunida dos moradores de Cuiabá e apresentadas junto com uma representação dos vereadores da capital no Ministério Público Estadual na última quarta-feira (26). Os vereadores Arilson da Silva, Allan Kardec e Paulo Araújo protocoloram o documento e questionaram o aumento abusivo da tarifa de esgoto. Outra ação que reforçou a luta por serviço de qualidade de água e esgoto foi a audiência realizada na Câmara nesta sexta-feira (28).

O vereador do Partido dos Trabalhadores, Arilson da Silva, destacou que tanto a representação junto ao Ministério Público quanto a audiência pública com a presidente da Amaes, Karla Lavratti, reforçam as queixas da população que está insatisfeita com os serviços da Cab Cuiabá.

“Deixamos claro no documento que protocolamos no MPE que é abusivo o aumento do esgoto que chega a 90% do consumo de cada unidade medidora sobre o valor do consumo da água nos bairros onde nem sequer há rede de esgoto. Como a Cab vem com este aumento sendo que o serviço não existe? Nosso intuito é colaborar com o Ministério Público e representar a população. Há tempos estamos unindo forças com entidades e apresentando as reivindicações da população nas sessões da Câmara, através de documentos”, afirma.

Durante a audiência pública, o vereador Arilson da Silva questionou a presidente da Amaes, Karla Lavratti, sobre os aumentos realizados e apresentou um comunicado emitido pela Cab aos moradores anunciando o aumento da tarifa de esgoto nos bairros onde está sendo realizada a coleta, o tratamento e a destinação do esgoto. Todavia, diz o vereador, houve aumento na tarifa em bairros como Parque Cuiabá e Santa Isabel onde estes serviços não existem e a cobrança pontualmente foi realizada.

“Se formos avaliar sob a ótica do direito do consumidor, tarifa é a cobrança de um serviço que está sendo feito, é um contrapartida da prestação de serviço. No caso da tarifa de esgoto, o serviço é precário ou inexiste em vários bairros e mesmo assim houve o aumento do esgoto que chega a 90% do consumo de cada unidade medidora sobre o valor do consumo da água, o que é um absurdo. Conversamos com moradores de diversos bairros que sofrem com este aumento abusivo e vamos recorrer a todas as alternativas para defender os moradores e combater este abuso da Cab”, afirma Arilson.

Marcela Brito
Assessoria de Imprensa
Vereador Arilson da Silva (PT)
65 96424976


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
25/01 - Residencial Santa Terezinha recebe o Projeto ‘Arboriza Cuiabá’
24/01 - O bairro Santa Terezinha e região recebem o Projeto Arborizar Cuiabá, neste sábado (25)
24/01 - “Ninguém nunca olhou para nós como o senhor”, diz servidora ao Presidente da Câmara
24/01 - Câmara aprova Campanha para o descarte correto de medicamentos vencidos
24/01 - Dispositivo em Lei ajuda a garantir identificação e atendimento aos portadores de Down
24/01 - Câmara aprova em 2019 datas importantes para cuiabania
24/01 - Inspetor de Tributos e Auditor Fiscal terão o seu dia
23/01 - Nota de Pesar | Antonio Félix da Silva
23/01 - Câmara promove Projeto Arborizar Cuiabá
23/01 - Movimento Mineiro parabeniza a Câmara pela aprovação da lei dos carroceiros
23/01 - A pedido de vereador, máquina reciclável é instalada em Escola
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.