Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
11/05/2017
Câmara apoia movimento pró Centro Histórico
Edinei Rosa/Câmara de Cuiabá

Um grupo de comerciantes do Centro Histórico de Cuiabá se reuniu com o Presidente Justino Malheiros (PV) e vereadores na sala da presidência, na manhã desta quinta (11). Sob a coordenação do vereador Orivaldo da Farmácia (PRP), os empresários solicitaram que a Câmara instale a Frente Parlamentar do Comércio, “visando defender os interesses do setor, a busca de soluções para continuarmos a gerar emprego e renda para o município”, conforme destaca a carta de apresentação do SINCOTEC – Sindicato do Comércio de Tecidos, Confecções e Armarinhos de Mato Grosso.

 

O Presidente Justino acatou a sugestão e imediatamente convocou os demais vereadores a participarem ativamente dessa iniciativa, ele inclusive, sugeriu que seja liberada uma faixa na rua 13 de Junho para favorecer o trânsito, principalmente, nos finais de semana, feriados e datas comemorativas, quando o comércio é incrementado.

 

Os empresários afirmaram que o apoio político é extrema necessidade para viabilizar a solução dos problemas que dificultam a atividade comercial na região. Eles postularam a implementação de políticas que propiciem o desenvolvimento do segmento como a elaboração de novas leis que “facilitem a vida dos empresários”.

 

Conforme o presidente do SINCOTEC, Roberto Peron, “o comércio necessita de um ambiente  seguro. A cidade cresceu e o cuiabano perdeu o costume de vir ao centro fazer compras. O centro histórico morre às seis horas da tarde. Mas é um enorme patrimônio a ser explorado, resta saber como que medidas podemos tomar” Como exemplo ele citou o Liquida Centro, que envolve praticamente todas casas comerciais do centro e gera um movimento de vendas próximo do que se faz no Natal. O Liquida Centro está em vigor há 11 anos, mas é tocado exclusivamente pelo esforço dos próprios empresários. “Queremos que seja incluído no calendário de eventos de Cuiabá. Começamos com três dias e devido ao sucesso, hoje é realizado em uma semana”, destacou Peron.

 

O vereador Mário Nadaf (PV), propôs a realização de uma Audiência Pública para que seja realizado um mapeamento das prioridades do centro histórico e a partir disso focar em soluções que atendam às expectativas de comerciantes e clientela..

 

O vereador Misael Galvão (PSB) observou que a atividade comercial não se restringe “a vender, mas é o segmento que mais contribui com recursos para os cofres públicos, através do recolhimento de taxas e pagamento de tributos”, em razão dessa realidade considera o movimento de grande relevância.

 

O vereador Luís Cláudio (PP) ressaltou que a sugestão dos empresários está em consonância com o que vem ocorrendo na Câmara, onde “os grandes temas da cidade estão sendo tratados diariamente e o centro histórico é um grande tema”. Ele adiantou que o IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, “deve promover a restauração de 15 casarões do centro histórico até os 300 anos de Cuiabá, e é um ponto a que os vereadores devem ficar atentos e cobrar essas ações”.

 

O Presidente Justino afirmou que “a Câmara precisa ajudar o comércio. Vamos ser parceiros nesse movimento. A Casa tem condições de colocar várias ideias para fomentar a atividade e cobrar o Prefeito para implementar medidas que fomentem os negócios”. Ele frisou que o passo seguinte “é a formação da comissão escolhendo os vereadores para participarem e fazer o processo andar”.

 

SECOM – CÂMARA DE CUIABÁ

Etevaldo d´Almeida 



Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
19/04 - Kits da 1ª Corrida de Rua Família Popular começam a ser entregues
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.