Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
16/08/2013
Lueci Ramos rebate acusações sobre improbidade administrativa
Em seu 5º mandato como vereadora por Cuiabá, Lueci Ramos (PSDB), se defendeu da acusação de ter recebido salários do governo do Estado sem comparecer ao trabalho quando estava lotada na função de assistente social da Fundação de Promoção Social do Estado (Prosol) entre agosto de 1997 e maio de 1998.

 Durante sessão plenária realizada nesta quinta-feira (15), na Câmara Municipal de Cuiabá,  a vereadora disse que,  na época, atuava no programa “Irmão Sol, Irmã Lua”, o qual, entre outros, era responsável por distribuir sopão a pessoas em situação de rua. Portanto, cada plantão deste programa, era compensado com 72h de folga do turno ordinário, talvez por este motivo Lueci não era vista pelas testemunhas que depuseram contra ela no processo.

“A população me conhece. Não ganho dinheiro fácil, não tenho costume de receber sem trabalhar. Eu respeito a decisão do juiz, mas não concordo e vou recorrer”, afirmou Lueci.

A vereadora também comentou sobre a discriminação que sofre por ser a única mulher no parlamento e lembrou que sempre sofreu perseguição, inclusive no seu primeiro mandato foi impedida de tomar posse.

 “Nós mulheres ainda sofremos discriminação, ganhamos menos que os homens no mercado de trabalho, muitas vezes para desempenhar a mesma função. No meu primeiro mandato fui impedida de tomar posse, só fiquei olhando, não pude fazer nada. Mas confio na justiça divina”, alegou Lueci Ramos.

Stephanie Romero - Secom


Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
19/04 - Kits da 1ª Corrida de Rua Família Popular começam a ser entregues
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.