Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
03/06/2013
Arilson e bancários debatem segurança nos bancos com presidente da Câmara
Segurança bancária nas agências de Cuiabá, este foi o tema da reunião realizada na Câmara de Vereadores nesta quarta-feira (29) entre o presidente do legislativo, João Emanuel, e os bancários, vereador Arilson da Silva (PT), o coordenador do núcleo de Segurança Bancária, Ademir Wiederkehr, e o secretário de Imprensa do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso, John Gordon.

Durante a reunião foram debatidas mediadas para garantir mais segurança para os clientes e bancários nas agências e a responsabilidade dos bancos neste processo. Para debater o tema e apresentar a realidade nacional da segurança bancária, o secretário de Imprensa da Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT) e coordenador do Coletivo de Segurança, Ademir Wiederkehr, esteve presente e apontou medidas para conter os ataques a bancos.

“A segurança nas agências é uma responsabilidade compartilhada, sendo que cada um tem que fazer a sua parte. O crime começa dentro do banco, e a prevenção é a melhor alternativa. De acordo com a pesquisa nacional de ataques a bancos, Mato Grosso está em quinto lugar em 2012 com 185 ações de bandidos, esta realidade tem que mudar e os bancos devem agir. A legislação tem que proteger o cidadão”, diz Ademir Wiederkehr.

O presidente da Câmara, João Emanuel, afirmou que a comissão que irá fiscalizar o cumprimento da lei das Filas nas agências de Cuiabá será presidida pelo vereador e bancário, Arilson da Silva. “Os vereadores irão até as agências, pegarão senhas e vão cronometrar o tempo de espera para conferir a realidade nos bancos no que diz respeito a Lei das Filas. Estamos a serviço do bem estar da população e vamos atuar para que os bancos façam sua parte”.

Entre as medidas apresentadas para reforçar a luta por segurança bancária está o projeto de lei do vereador Arilson da Silva que torna mais rígida a punição aos bancos que não estão cumprindo as leis de segurança. O projeto está em fase de tramitação e será apreciado nas próximas sessões. 

O vereador do Partido dos Trabalhadores, Arilson da Silva, observa que o projeto também obriga os bancos a instalar câmeras de alta definição dentro e fora das agências, instalação de fachadas blindadas e multas mais severas.

“A ideia é reforçar a luta por mais segurança nas agências. Minha atuação no Sindicato dos Bancários me proporcionou acompanhar esta realidade mais de perto e a insegurança da população e dos bancários é geral. Nossa preocupação é com as vidas das pessoas e os bancos que devem priorizá-las sempre, e não os lucros que são bilionários”.

O secretário de Imprensa do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB-MT), John Gordon, afirma que o Sindicato vai se manter atuante por mais segurança e pelo cumprimento das leis neste sentido com a lei dos biombos e a lei das filas. De acordo com levantamento parcial do SEEB-MT, Mato Grosso já registra 13 ataques a bancos e oito a caixas eletrônicos neste ano.

Descaso dos bancos - "Esses números são muito preocupantes e só mudarão com ações concretas na segurança dos estabelecimentos, o que é de responsabilidade dos bancos, e na segurança pública. Os bancos vêm tratando com enorme descaso a segurança das unidades. Nem a lei federal 7.102/83, que está completando 30 anos, vem sendo cumprida, como mostram as sucessivas multas aplicadas pela Polícia Federal", denunciou o diretor da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.


Assessoria de Gabinete
 


Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
17/05 - Câmara de Cuiabá doa 4,5 toneladas de alimentos a entidades da Capital e mais R$ 60 mil
17/05 - "Lutar pela educação, ciência e tecnologia é lutar por uma saída para a humanidade", afirma Edna
17/05 - Chico 2000 entrega Moção de Congratulação em homenagem ao Bope
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.