Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
08/11/2007
Investimento para idoso em 2008 é de apenas dois mil reais
Secom Câmara/CBA
Vereadores discutem políticaspró idoso
O investimento para atender os idosos do município de Cuiabá previsto na Lei Orçamentária para o próximo ano é de R$ 40 mil parte de um valor total de 914 mil que envolve verba do governo federal e estadual. Parte dos recursos é destinada para o pagamento de pessoal e despesas correntes, resultando na quantia de apenas R$ 2 mil para investimento. A Câmara Municipal de Cuiabá em conjunto com os integrantes do Conselho Municipal de Defesa da Pessoa Idosa e com a participação dos vereadores Lutero Ponce (PP), Francisco Vuolo (PR) e Enelinda Scala (PT) vai trabalhar na tentativa de reverter à situação, destinando uma maior parcela dos recursos para o atendimento do idoso.

A reunião tratou ainda da formação da rede de proteção do idoso que envolve 18 entidades, Ministério Público e novos parceiros como Defensoria Pública, universidades.

O presidente do Conselho Municipal de Defesa da Pessoa Idosa, Luiz Roberto da Costa Pinto cobrou o cumprimento de garantias legais previstas no estatuto dos idosos, o funcionamento, mais condições de trabalho para o Conselho e melhoria na estrutura física e de recursos humanos para atender a demanda, construção de centros convivência onde os idosos possam permanecer durante o período vespertino e matutino, também conhecidos como Centro Dia e a criação da rede de proteção.

A política de recursos para investimento, segundo o presidente do legislativo, vereador Lutero Ponce (PMDB), está na contramão da realidade nacional e mundial. A população envelhece e hoje é estimada em 17 milhões o que representa 8.9% da população. O país envelhece quando ultrapassa os 7%, como é o caso do Brasil. A projeção para os próximos 20 anos é alcançar a 6º colocação mundial com 33 milhões de idosos.

Francisco Vuolo (PR) disse que é necessário estabelecer um calendário de reuniões e um plano de ação para conseguir modificar esta realidade. Ele criticou ainda a falta de recursos para a manutenção dos centros de convivência e a desarticulação de uma política e conquistas do município.

Já a vereadora Enelinda Scala (PT) ressaltou que o esforço conjunto entre parlamento e as entidades representativas poderá mudar esta realidade a garantir novos recursos para o setor. Ela defende ainda o envolvimento dos gestores públicos para fortalecer a luta em defesa da pessoa idosa.

Assessoria: Secom CâmaraCba/Roseli Cordeiro



Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
22/02 - Nadaf destaca participação popular no Plano Municipal de Cultura
22/02 - Kássio Coelho propõe a inclusão da ozonioterapia na saúde pública de Cuiabá
22/02 - Profissionais da beleza recebem Moções de Aplausos em homenagem ao trabalho prestado
22/02 - Equipe do Zap do Brito percorre bairros da região Norte para colher indicações
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.