Início
NOTÍCIAS
26/04/2013
Dilemário pede educação de qualidade e apoia manifestações
O vereador Dilemário Alencar (PTB) se solidarizou com os profissionais da Educação municipal de Cuiabá, que promovem durante esta semana, de 22 a 26 de abril, a 14ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública. 

A determinação da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE) era para que houvesse três dias de greve, porém a subsede do Sindicato de Cuiabá optou pela paralisação apenas nesta quinta-feira (25), além de mobilizações na comunidade escolar durante toda a semana.

"Precisamos valorizar nossos professores. A educação é o futuro do país. É por meio dela que trazemos qualidade de vida à população, pois um cidadão que exerce o seu direito à educação, terá maior possibilidade de ter uma profissão com a qual consiga sustentar sua família. Assim, nossa sociedade não enfrentaria, ao menos com tanta frequência, a violência nas ruas", afirma Dilemário.

Na rede municipal de ensino de Cuiabá, a categoria cobra o cumprimento das metas estabelecidas no Plano Municipal de Educação, aprovado pela Câmara de Vereadores em dezembro de 2010, que assegura a ampliação dos recursos como garantia da universalização do atendimento da educação fundamental e infantil, a melhoria nas condições estruturais das escolas e creches e a valorização dos trabalhadores da educação com recomposição salarial acima da inflação.

"Quero registrar meu apoio veemente ao Sintep por melhorias não somente por salários, mas por melhorias nas escolas", afirmou Dilemário.

O parlamentar ainda comparou a suntuosidade dos Palácios Governamentais existentes em Cuiabá com as escolas, que garantem o futuro da população. "Há uma inversão de valores", afirmou.

Nesta quinta-feira a categoria promove um ato público em frente ao Palácio Paiaguás, como forma de sensibilizar as autoridades municipais e estaduais em prol de uma educação de maio qualidade. A mobilização ocorre às 14h30.

O CNTE lançou a Campanha "Educação Pública, Eu Apoio", visando conscientizar a sociedade a cobrar melhores condições de trabalho nas escolas públicas, como melhor infraestrutura, universalização das matrículas, formação e valorização dos profissionais, mais participação de toda a comunidade escolar e respeito à diversidade e inclusão.

O presidente do CNTE, Roberto Leão, diz que "a escola pública é a escola do país".

A sociedade pode participar da manifestação por uma educação gratuita de educação acessando o endereço eletrônico www.educacaoeuapoio.com.br e assinando uma petição que será enviada ao Congresso Nacional. 

Flávia Borges
Assessoria de Imprensa



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
08/02 - Vereador Jeferson Siqueira comemora a retomada das obras da Arena Cantagalo
08/02 - Câmara realiza a 1ª Reunião Ordinária da Comissão de Transportes, Urbanismo, Meio Ambiente e Defesa dos Animais
08/02 - CCJR delibera sobre 7 projetos na primeira reunião da administração Chico 2000
08/02 - Ciclista pede em Tribuna livre segurança no trânsito na Capital
08/02 - Câmara de Cuiabá aprova projeto ‘Renda Solidária III’ para catadores de ‘lixo’
08/02 - Varanda vota a favor de salário mínimo para catadores de materiais recicláveis
07/02 - Câmara aprova projeto que concede salário mínimo a trabalhadores do aterro sanitário
06/02 - Vereadores protocolam pedido de CPI para investigar intervenção do Estado na saúde de Cuiabá
06/02 - Câmara de Cuiabá junto com a Secretaria de Esporte e Lazer realiza a 34ª Corrida ‘Bom Jesus de Cuiabá’
06/02 - Sessões ordinárias retornam na Câmara de Cuiabá
06/02 - Lei permite aleitamento materno nos estabelecimentos públicos de Cuiabá
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.