Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
05/06/2007
Audiência Pública discute problemas relacionados às drogas
Secom Câmara/CBA
Vereadora Enelinda Scala presidiu a audiência
A Câmara Municipal de Cuiabá promoveu uma audiência pública sobre o combate às drogas. Proposto e presidida pela vereadora Enelinda Scala (PT), o encontro permitiu que membros de órgãos públicos e entidades não governamentais trocassem experiências sobre as ações desenvolvidas na área.

A coordenadora do Programa Exigente em Cuiabá, Neiva Nunes, destacou que a entidade tem a finalidade de amparar famílias de usuários de drogas lícitas e ilícitas. “O amor exigente constrói a cooperação familiar e desencoraja a violência. Trabalhamos com 12 princípios éticos, sendo que a cada mês abordamos um tema nos encontros”, explicou Nunes. Segundo ele, quanto mais rápido as famílias afetadas tomarem as providências cabíveis, “mais fácil é a recuperação. Os pais têm uma importância fundamental nesse processo”, avaliou.

Para a coordenadora de Ações Programáticas da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Áurea Assis, o abuso de drogas e bebidas alcoólicas é alarmante porque, segundo a Organização Mundial de Saúde, é uma das principais causas de acidentes de trânsito, ferimentos não intencionais, suicídios, violência física e por arma de fogo, entre outros problemas sociais relacionados à criminalidade. Assis frisou que o Governo Federal está fortalecendo as entidades que atendem usuários, mas lamentou que em Mato Grosso não leitos em hospitais gerais para esses pacientes. “Atualmente eles são levados para hospitais psiquiátricos, que não são adequados”, frisou.

O representante da Secretaria de Estado de Educação, professor Márcio Magalhães, destacou que os estabelecimentos de ensino estão investindo na formação continuada de professores. “São realizados cursos de capacitação para que os professores saibam lidar com essa parcela mais agressiva dos jovens e adolescentes. Eles também aprendem a constatar o problema”, informou. Apenas no ano passado, 80 escolas públicas firmaram acordo com o Programa Amor Exigente e com o SES.

Nos últimos 90 dias, a Polícia Judiciária Civil (PJC) registrou 60 fragrantes em Cuiabá relacionados a drogas. “Não estão inclusos nessa conta as ocorrências de roubo, furto, homicídio, e violência contra a mulher”, alertou o coordenador de Gestão da PJC, Bebiano Nunes Ferreira.

Ao final das discussões, o secretário-adjunto de Assuntos Estratégicos da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), delegado Marco Aurélio Veloso, esclareceu que a Pasta recebeu a incumbência de interligar todos os projetos de combate ao abuso de drogas. “Todos os projetos devem estar relacionados para que haja mais repercussão, ações efetivas, e racionalização de gastos”, explicou.

Assessoria: Secom CâmaraCba/Andrea Haddad



Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
24/05 - Edna participa de audiência sobre centro histórico realizada por Lúdio Cabral
24/05 - Líderes evangélicos recebem homenagem do vereador Eduardo Magalhães
24/05 - Audiência presidida por Chico 2000 debate focos de incêndios e risco de seca extrema
24/05 - Dídimo Vovô se compromete a resolver erosão no prolongamento do Parque Cuiabá
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.