Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
11/03/2021
Crise na educação durante pandemia é tema de Tribuna Livre
Reprodução

“As famílias estão tendo que fazer uma escolha dramática entre a sobrevivência e o conhecimento”.  Assim a professora da rede pública de ensino, Eby Ito de Araújo, resumiu a situação das famílias de baixa renda,  grandemente prejudicadas pela falta de acesso à renda e, consequentemente, à internet, o que dificulta e em muitos casos impede os alunos de acompanharem as aulas.

Ela participou na Tribuna Livre da sessão ordinária da Câmara Municipal de Cuiabá nesta quinta (11), a convite da vereadora Edna Sampaio (PT).

Licenciada em Matemática e especialista em Educação de Jovens e Adultos, ela narrou sua experiência e as angústias dos educadores que, diante dessa realidade, precisam investir em equipamentos, reinventar métodos de ensino que atendam as carências dos alunos, sem contar com apoio.

“Tive que me reinventar, eu e muitos colegas, fiz um curso sobre ensino remoto, tive que trocar meu celular, que era voltado apenas para ligações e mensagens, tive que arrumar meu computador e aumentar minha internet”, relatou ela.

Ela cobrou medidas para democratização da rede wi-fi na cidade e citou o drama das famílias que estão sem renda até para a sobrevivência. “Tive nestes tempos, muitas angústias, dos relatos das pessoas. Vejo no dia a dia quando vou ao mercado a alta dos produtos da cesta básica e o desemprego e vejo que a escolha entre comprar outro celular para o filho ou melhorar o pacote de dados, como eu fiz, para mim foi fácil, mas estas famílias estão tendo que fazer uma escolha desumana entre sobrevivência e conhecimento”.

“Quero poder atingir a todos, infelizmente a gente não consegue devido às injustiças e à desigualdade social. Faço parte do grupo de trabalho da educação, onde todos, até os que atuam em universidades, relatam o mesmo: os alunos em situação de risco não têm acesso. Por isso, propusemos falar aqui para vocês e para o prefeito que é preciso melhorar essas injustiças disponibilizando wi-fi livre nas comunidades carentes”, disse ela.

A vereadora Edna Sampaio comentou que as mulheres compõem a força de trabalho em mais de 70% da educação básica e mais de 90% da educação fundamental e que esta situação é uma forma de violência.

Edna vai propor projeto de lei estabelecendo a priorização da vacinação dos profissionais da educação, além dos profissionais da assistência social e da segurança pública.

“Há muitas formas de violência contra a mulher e as mulheres que estão educando seus próprios filhos e os filhos da sociedade cuiabana estão sob violência também, violência do Estado que não consegue prover as condições de amenizar as desigualdades sociais”, disse.

Neusa Baptista | Assessoria de Comunicação Vereador Edna Sampaio



Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
22/05 - Nadaf articula emenda para construção de centro comunitário no Três Lagoas
22/05 - Estudantes do Jardim Industriário II participam do projeto Cuiabaninhos
22/05 - Vereador Sargento Joelson abre espaço para campeã brasileira de MTB Marathon
22/05 - Edna comemora aprovação do Plano em votação final na Câmara Municipal
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.