Acessibilidade
Início

NOTÍCIAS
16/09/2009
Construção de mirante valoriza Centro Geodésico
Luiz Alves
A demarcação do Centro Geodésico da América do Sul feita por Marechal Rondon, situada em frente o prédio da Câmara Municipal de Cuiabá, deve deixar de ser apenas atrativo e passar a ser um ícone da indústria do turismo a partir da construção de um mirante na Praça Paschoal Moreira Cabral, cujo projeto arquitetônico já está pronto. O vereador Francisco Vuolo (PR), presidente da Frente Parlamentar de Apoio à Copa e idealizador do projeto juntamente com o presidente da Casa, vereador Deucimar Silva (PP), afirma que sua intenção é que o projeto seja “abraçado” pela Agência Executora da Copa do Mundo (Agecopa) e, desse modo, seja incluído na lista de obras que visam preparar Cuiabá para receber os jogos em 2014.

A obra está orçada em R$ 6 milhões. Até agora, segundo Vuolo, o deputado federal Wellington Fagundes (PR) e o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Rodrigo Figueiredo, garantiram a liberação de R$ 1,5 milhão cada para a execução do projeto. “Esperamos contar com o apoio do governo do Estado e da prefeitura, além disso, poderemos utilizar recursos próprios”, frisa. O prazo para a conclusão previsto é de um ano, a contar da data de início. Caso os recursos sejam liberados ainda neste ano, a licitação será feita logo no início do ano que vem.

Conforme o projeto, assinado pelos arquitetos José Roberto Andrade e Vivian Laccal Gomes, o mirante possui características alusivas à cultura indígena e às bandeiras de Mato Grosso e do Brasil. O piso do térreo será transparente com água em baixo que, segundo Vuolo, simboliza o oceano. Ainda no térreo, haverá espaço para três lojas que serão destinadas à venda de artigos que valorizem a cultura local, bem como um espaço reservado ao memorial a fim de reproduzir a história do Centro Geodésico, local que era antes conhecido como Campo D´Ourique, e que hoje abriga a Câmara. O projeto preserva os marcos já construídos, ou seja, o primeiro e segundo obelisco.

Já no primeiro piso será construída uma lanchonete e, na parte superior, ficará o mirante, com 23 metros de altura. De lá será possível avistar vários pontos turísticos, como o Morro de Santo Antônio de Leverger, Chapada dos Guimarães, assim como o ginásio Aecim Tocantins, o Morro da Caixa D´água Velha, e igrejas centenárias, como São Gonçalo e São Benedito. Ao todo, a torre terá a altura de 41 metros. Um elevador panorâmico facilitará o acesso aos espaços. O local tem o intuito de fomentar o turismo da Capital. “As pessoas virão para cá (Cuiabá) com o advento da Copa. Se tivermos elementos para atrair as pessoas, elas voltarão. É preciso investir no turismo e esse é o momento propício”, reafirma o vereador Vuolo.

O Centro Geodésico é um marco turístico eleito pela própria população em 2004. Inclusive o então ministro do Turismo, Walfrido Mares Guia, veio a Cuiabá para votar. A partir disso, em março de 2005, foi sancionada a Lei nº 4.765 que instituiu o marco do Centro Geodésico da América do Sul como a marca turística da Capital.

Pollyana Araújo



Imprimir Voltar Compartilhar:   Share




+ Notícias
27/05 - Vereador apresenta PL que prevê atendimento prioritário com psicólogo para crianças e adolescentes vítimas de violência
27/05 - Confira agenda da semana da Câmara Municipal de Cuiabá
27/05 - Renivaldo realiza sessão solene nesta segunda-feira (27)
27/05 - Vidal parabeniza Prefeitura por operação tapa-buracos e pede atendimento de indicações
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Brasão de Cuiabá
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone:(65) 3617-1500
secom@camaracuiaba.mt.gov.br - Desenvolvimento: STIT - Todos os direitos reservados © 2023
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 18:00hs.