Início
NOTÍCIAS
19/06/2018
Justino Malheiros: "Frio não afaga corpos sem agasalho"
Brunna Maria - CMC
Em entrevista após a sessão plenária de hoje (19), o presidente do Legislativo cuiabano, Justino Malheiros, reforçou que a participação maciça dos colegas vereadores e respectivos familiares na campanha do cobertor, é diferencial importante na arrecadação de expressiva quantidade de agasalhos, em geral. "Parabenizo, aqui, os parlamentares e familiares já empenhados nesse trabalho, ora conclamando esforço ainda maior, para podermos realmente chegar à faixa pretendida de arrecadação, pelo menos idêntica à de 2017. É, antes de mais nada, um convite de unificação de luta humanitária, já aceito por todos. Principalmente pelo fato de que, em se tratando de solidariedade ao próximo, desfez-se por completo qualquer ranço partidário, unindo-se mãos, ideias, projetos, ajuda. Prevalece uma belíssima unidade guerreira neste Parlamento, a fim de amenizar o sofrimento causado pelo frio, intensificado a cada baixa repentina de temperatura". 
 
Justino Malheiros também parabenizou as 1ª Damas do Legislativo (Sâmara Dib Yunes Malheiros) e do Executivo (Márcia Pinheiro) pela determinação com que têm tocado a Campanha do Cobertor, empreitada que conta - sublinhou - com apoio das esposas dos vereadores. "Elas formam um contingente respeitável para socorrer aqueles que tanto necessitam de ajuda em situações semelhantes. Mais do que idealismo, destaca-se nesse grupo uma elogiável sensibilidade de se unir ao drama dos que, por vezes, não têm voz e nem forças para pedir socorro. E é quando esses anjos da guarda chegam espontaneamente. Porque, no confronto diário com o frio, um cobertor é a arma mais poderosa e procurada pelos humildes descamisados desse País. Não é um caso isolado de Cuiabá, mas do mundo inteiro. O que as nossas guerreiras do bem fazem é sedimentar exemplos que podem formar grandes trincheiras de luta reforçada nessa causa social".
 
Otimista, Justino Malheiros convidou os colegas da Casa de Leis a superarem as próprias marcas de doação, obtidas em 2017. "Estabeleço, assim, uma competição salutar, dignificante à própria vida humana. Quem doou dois cobertores em 2017, por exemplo, que doe três ou quatro, agora. São cobertores baratos, acessíveis, e sua aquisição - para efetiva destinação a entidades oficiais de amparo aos carentes, e, também, diretamente aos necessitados - está sendo feita da forma mais transparente possível. O nosso desejo é de que nenhum ser humano tenha no frio o carrasco de suas noites e dias. Podemos, inclusive, incluir na doação de cobertores agasalhos diversos, novos ou usados, material que pode ser entregue diretamente às coordenações da campanha do  cobertor".
 
A mobilização caridosa em curso, concluiu o dirigente do Parlamento, "simboliza um gesto decididamente altruísta, caracterizado como socorro providencial em nome do amor aos irmãos que pouco ou nada têm para agasalhar a si e a seus familiares". Justino ainda fez um comparativo que considera de impacto preocupante e também com poder motivador para arregimentar maior apoio à causa encetada pelas 1ª Damas. "Muitos não imaginam, mas enquanto milhares de pessoas estão acomodadas em confortáveis leitos, outras se revolvem, noite adentro, em esteiras ou mesmo no chão gelado, sem um cobertor sequer. Conforme minha esposa disse há pouco, o frio é dolorido, mata".
 
João Carlos de Queiroz/Secretaria de Comunicação Social  


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
21/01 - Chico acredita que mais de R$ 300 mi em impostos foram sonegados da Capital nos últimos 5 anos
21/01 - Vereador destina R$ 300 mil ao Hospital do Câncer e ao Hospital Santa Helena
21/01 - Câmara de Cuiabá aprova reestruturação do Conselho do Idoso
21/01 - Lei garante isenção de taxas de concursos para mães de crianças com microcefalia em Cuiabá
20/01 - Emendas modificativas a LOA 2020 vão possibilitar mais investimentos nas áreas sociais e desportivas
20/01 - Moradores do bairro Barbado recebem Centro Comunitário reformado
20/01 - Lei proíbe empresas envolvidas com corrupção de receber incentivos fiscais em Cuiabá
20/01 - Câmara busca solucionar impasse entre músicos e Executivo Municipal
20/01 - Lei proíbe empresas envolvidas com corrupção de receber incentivos fiscais em Cuiabá
20/01 - Câmara busca solucionar impasse entre músicos e Executivo Municipal
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.