Início
NOTÍCIAS
07/11/2017
Vereadores propõe conselho da transparência e política anticorrupção
Brunna Maria/Secom-CMC
Vereadores Luis Claudio e Marcelo Bussiki
Os vereadores Luis Claudio (PP) e Marcelo Bussiki (PSB) apresentaram um anteprojeto de lei para garantir maior transparência na administração pública por meio da criação do Conselho Municipal de Transparência e Controle Social e seu respectivo fundo, bem como a Política Municipal de Prevenção e Combate à Corrupção.

O objetivo é elaborar e deliberar políticas de promoção da transparência e controle social na administração e gestão pública, além de garantir a plena fiscalização do Executivo e Legislativo, segundo Bussiki.

“Nesse conselho teremos representante de toda a sociedade a fim de, junto com os vereadores, poderem fiscalizar o Executivo e até a própria Câmara. O fundo, inclusive, vai permitir que esse conselho tenha sede e estrutura para que possa desenvolver um trabalho”, disse.

A intenção é de que a sociedade trace as diretrizes de quais ações necessárias de transparência e combate a corrupção no município de Cuiabá, principalmente, após o impasse criado pela suplementação que ocasionou a demissão de 460 servidores do Legislativo de Cuiabá, de acordo com Luis Claudio.

"Eu sei que o projeto deve ser de iniciativa do Executivo, mas quero fomentar essa matéria aqui também. Esse assunto é importante, pois não há democracia sem controle social e, se a sociedade não participa, não temos a devida transparência", disse o vereador.

Complemento – Além do anteprojeto, o vereador Luis Claudio assegurou que vai apresentar um projeto de resolução, como complemento, para assegurar que a transparência aconteça independentemente de quem sejam os gestores. A intenção da resolução é garantir a implantação do programa eSocial, que é um sistema informatizado de Administração Pública.

“Toda a vida funcional dos servidores estará em um programa único, que cruzará informações, inclusive com a Receita Federal, da evolução patrimonial de cada servidor público. Os olhos da fiscalização do controle social ficaram enormes em cima de todos nós, servidores públicos”, disse.

Desse modo, vai garantir que sejam implantados a capacitação dos servidores, realização de concurso público e um programa de melhoria das condições de trabalho, bem como a informatização do sistema da Casa de Leis.

“Esse projeto de lei e resolução é para tratar a coisa pública com extrema responsabilidade. A democracia está amadurecendo. Não há mais condições de tapar os olhos para o controle social, pois ele é o parceiro da boa gestão pública”, encerrou  Luis Claudio.

Assessoria de Imprensa/Marcelo Bussiki


Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
23/02 - Em reunião com o PROS, Blairo reafirma decisão de não ser candidato
22/02 - Vereador Abilio cobra execução do programa “Escola 300” na rede municipal de educação
22/02 - Câmara receberá ex-governador para depor em CPI
22/02 - "Feira cultura de arte primorosa e deliciosamente gastronômica", define Dr. Xavier
22/02 - Vereador Misael Galvão levará gabinete móvel ao bairro 1º de Março e região
22/02 - Vereador Dilemário solicita acareação entre Sílvio e Alan Zanatta na CPI do Paletó
21/02 - Vereador Orivaldo da Farmácia reúne Vigilância Sanitária e Sincofarma-MT na Câmara
21/02 - JOSUÉ DA COSTA: Há um "bombeiro" de plantão na Câmara Municipal de Cuiabá
21/02 - Organização Urbana dos bairros Altos da Serra I e Dr. Fábio I agora vai ser lei
21/02 - Lei sobre gestão do acesso de pessoas em ruas sem saída é promulgada
21/02 - Dr. Xavier cobra melhorias estruturais e melhor atendimento junto à Saúde
20/02 - Vereador Dilemário cobra projeto do passe livre para idosos
SESSÃO AO VIVO
INFORMES

Câmara Municipal de Cuiabá - Praça Moreira Cabral
Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Todos os direitos reservados © 2013 - Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:30hs às 13:30hs.