Início
NOTÍCIAS
22/05/2017
Plano de Segurança Municipal vai promover a harmonia social e reduzir a violência
Ednei Rosa - Secom/CMC
Vereador Sargento Joelson
Amplamente discutido durante audiência pública realizada nessa quarta-feira (17) na Câmara Municipal de Cuiabá por indicação do vereador Sargento Joelson (PSC), o Projeto de Lei que prevê a implantação do Plano de Segurança Pública Municipal foi aprovado pelas autoridades e sociedade organizada que participaram do debate.

Eduardo Pazinato, uma das principais referências do país no assunto, enalteceu a proposta do Sargento Joelson. “A audiência necessária e produtiva como troca de perspectivas e abordagem, mas todas convergindo para o fortalecimento do papel dos municípios na segurança pública, as funções de responsabilidade compartilhada e a participação da sociedade organizada”, observou Pazinato. 

Para o especialista, o resultado é absolutamente produtivo e com certeza haverá continuidade desses debates, ele acredita que os resultados serão altamente positivos no controle, na prevenção, no limite e na redução das violências e dos crimes e no aumento da sensação de segurança no município de Cuiabá.

Sargento Joelson comemorou o sucesso da audiência pública por ter reunido na Câmara Municipal de Cuiabá autoridades da segurança pública do estado e do município, além de representantes da sociedade para debater um assunto de tamanha relevância para a população que é a garantia da paz por meio do envolvimento do município em ações de redução do índice de criminalidade. 

“Pudemos entender que o município de Cuiabá não está tão longe de atingir a satisfação na segurança pública municipal. Ações já são desenvolvidas pelas Secretarias de Educação, Ordem Pública e Mobilidade. O que realmente falta é o entrosamento para que todas essas ações sejam conectadas. E nosso mandato será totalmente comprometido com a segurança do cidadão lá da base e a gente espera poder continuar ajudando neste sentido cada vez mais”, pontuou o vereador. 

O Eduardo Pazinato trouxe para nós o que realmente acreditamos que seja uma política de segurança eficiente. A grande parceria entre estado, município e sociedade. Sem estes três elos para harmonizar a convivência social não é possível fazer segurança pública eficiente. E nós, enquanto Polícia Militar, por meio do programa de governo Rede Cidadã entendemos que um trabalho primário junto à família na prevenção primária e um trabalho secundário de prevenção nas escolas realmente pode compor na prevenção terciária junto ao município com muito mais efetividade na sociedade. 

A coronel Ridalva Reis, coordenadora do Programa Rede Cidadã da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso (PMMT), destacou a importância dos diagnósticos de problemas de cunho social propostos por Eduardo Pazinato. 

“Este diagnóstico é extremamente necessário para qualquer institucionalização de políticas de segurança pública. Ele trouxe ações exitosas que podemos usar como referência e aí poderemos nelas o que se adequar a esse diagnóstico ainda a ser levantado dentro da nossa sociedade”. 
A oficial enalteceu a iniciativa do Sargento Joelson de trazer o especialista a Cuiabá para debater o tema socializar suas experiências exitosas neste momento de grande anseio da sociedade pela melhoria na segurança pública. 
Parceria
Também participou da audiência pública a Coronel Zózima Dias dos Santos, coordenadora de Prevenção da Secretaria de Estado de Segurança (SESP/MT). “Este debate é muito importante para desconstruir a ideia do cidadão de que segurança pública é coisa de polícia, quando na verdade é muito mais do que isso”, ponderou.

Zózima pontuou também que qualidade de vida que se faz com políticas sociais, garantia de direitos, responsabilidade. “É uma parceria do que o estado tem como dever e cabe ao município ter o seu plano municipal de segurança pública. Assim temos a certeza de que Cuiabá vai ser diferente nos próximos anos, com paz social”. 

O servidor público José Américo viu na audiência pública um pontapé inicial para o enfrentamento a um problema que está disseminado por Cuiabá que é o tráfico e o consumo de drogas.

“Nós vivemos este problema diariamente na porta de nossas casas, de nossas escolas e temos familiares que podem ser cooptados pelo tráfico. E isto tem um custo enorme, por isso nós precisamos nos preparar preventivamente. E esta audiência pública permite que nós possamos tomar consciência dos fatos e agir. Nós não podemos deixar este tema cair no esquecimento”, frisou. 

Também participaram da audiência o secretário da Ordem Pública de Cuiabá, coronel Leovaldo Sales, o presidente da Associação de Cabos e Soldados de Mato Grosso, Adão Martins da Silva, representante da UFMT, Tenente Coronel Edson Benedito Rondon Filho, além dos vereadores Elizeu Nascimento (PSDC), Abílio Brunini (PSC), Marcos Veloso (PV) e Luis Cláudio (PP).

Assessoria de Imprensa/Vereador Sargento Joeson



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
08/08 - Nota de Pesar | Bispo Dom Pedro Casaldáliga
07/08 - CPI do Saneamento prossegue com oitivas nesta sexta
07/08 - Vereador Abilio homenageia a Polícia Militar pelos 13 anos da Coordenadoria de Assistência Social
07/08 - Projeto aprovado em sessão homenageia líder comunitária do 1º de Março
07/08 - Sala da Mulher entrega kit combate covid-19 para área da limpeza
07/08 - Nota de Pesar| Laurice de Souza da Silva
06/08 - Vereadores aprovam e Juca do Guaraná será homenageado com nome em viaduto
06/08 - Misael Galvão reúne com secretários e intermédia retorno do asfalto do Altos da Serra II
06/08 - Vereadores aprovam sete decretos legislativos
06/08 - Viaduto da Avenida das Torres receberá o nome de Juca do Guaraná
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.