Início
NOTÍCIAS
26/06/2008
Vereadores denunciam irregularidades em ETA construída no Tijucal
Secom Câmara/CBA
Vereadores em Sessão Plenária
A suposta falta de pagamento na obra de tubulação e canalização, realizada no bairro Tijucal, vem causando polêmica na Câmara Municipal de Cuiabá. A situação veio à tona, ainda no pequeno expediente da sessão ordinária desta quinta-feira (26), quando o primeiro secretário da Mesa Diretora, vereador Luiz Poção (PP) destacou a sua indignação quanto às imagens produzidas no local, referente ao episódio de extração de materiais da canalização e tubulação já realizadas, pela suposta falta de pagamento da Prefeitura Municipal à empresa prestadora de serviços.

As imagens, que teriam sido produzidas por um morador da região, não só causaram indignação, como também a revolta por parte de moradores, pois a obra nem mesmo chegou a ser inaugurada. Vários parlamentares se manifestaram sobre o assunto e um requerimento do vereador Lúdio Cabral, foi apresentado em plenário para que seja solicitada a vinda da presidente da Sanecap, Eliane Rondon, para as devidas explicações sobre o caso.

Segundo os vereadores, a obra foi realizada com recursos federais e a Estação de Tratamento de Água (ETA), há mais de um ano já deveria ter sido inaugurada, pois inúmeras datas já teriam sido anunciadas pelo prefeito Wilson Santos (PSDB) para a inauguração, sem que nenhuma delas se concretizasse.

Em decorrência das imagens da denúncia, veiculadas pela emissora de TV Cuiabá – Record News, canal 47, na terça-feira (24), o vereador Lúdio entrou com uma representação junto ao Ministério Público Federal (MPF) e Tribunal de Contas da União (TCU) para que o caso seja devidamente apur4ado.

Poção lamentou o episódio que, segundo ele, ainda teria outras situações envolvidas e de graves proporções, como o suposto uso de material ‘pirateado’ originário da China. Enfatizou que em decorrência da denúncia, ele e o vereador Marcus Fabrício tentaram falar com a presidente da Sanecap, sem sucesso.

Ainda no pequeno expediente, a vereadora Enelinda Scala (PT) falou sobre as emendas autorizativas que não estariam sendo cumpridas pelo Executivo. Reclamou que, infelizmente, grande parte da sociedade vem sofrendo as conseqüências pelo fato do repasse não ocorrer e, em conseqüência disso, as obras deixam de ser realizadas.

O vereador Edivá Alves (PSDB) apresentou requerimento para realização de audiência pública, em virtude dos dois anos de morte de Dante de Oliveira.

Assessoria: Secom CâmaraCba/Gleid Moreira



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
03/12 - CPI dos Medicamentos recebe novos documentos e adia leitura do relatório final
03/12 - Voluntários são homenageados em Sessão Solene
03/12 - Câmara realiza Sessão Solene em homenagem ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
03/12 - PL que beneficia pessoas com deficiência é aprovado e encaminhado ao Executivo
02/12 - Comissão debate sobre projeto de regularização fundiária
02/12 - Câmara aprova pareceres de projeto que cria política de combate a incêndios
02/12 - Câmara aprova projetos, requerimentos e pareceres na sessão desta quinta
02/12 - ADIADA - CPI entrega relatório final
02/12 - Vereador sugere a construção de um Memorial em homenagem às vítimas da covid-19
02/12 - Maria Avalone apresenta retrospectiva das conquistas como vereadora em cinco meses de mandato
02/12 - Vereadora pede convocação de secretária de saúde para explicar paralisação do hospital São Benedito
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.