Início
NOTÍCIAS
25/09/2015
Câmara aprova cinco projetos do Executivo Municipal
Luiz Alvez - Secom.
Plenário da Casa de Leis.
A Câmara de Cuiabá aprovou cinco projetos de lei de autoria do Executivo Municipal na sessão plenária desta quinta-feira (23). O primeiro diz respeito às normas para parcelamento de débitos fiscais junto ao município.

Na prática, foram feitas apenas algumas alterações na lei original do ano de 2011. A principal mudança diz respeito às hipóteses de parcelamento.

As pessoas que estão inscritas na dívida ativa do município era condicionadas ao pagamento da primeira parcela em casos de parcelamento, e mediante ao pagamento de 10% do valor total em casos de reparcelamento.

Com a aprovação desta nova lei, a pessoa que está inscrita na dívida ativa de Cuiabá deverá pagar, ao menos, 10% do valor do débito para poder fazer o parcelamento. Já nos casos de reparcelamento, este montante sobe para 20%.

Outro projeto aprovado pela Casa de Leis diz respeito à abertura de créditos especiais na ordem de R$ 10 milhões referente à reativação do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano. A mensagem também ocasionou alterações na Lei de Diretrizes Orçamentárias deste ano, e na lei que institui o Plano Pluri Anual 2014-2017.

Também foram abertos créditos especiais de R$ 1,1 milhão para atender a Agência Municipal de Regulação e Serviços Delegados (Arsec). A medida se deve ao fato de que a atual peça orçamentária ainda está vinculada a extinta Amaes.

O Legislativo Municipal ainda aprovou um projeto de lei que prevê alterações na Lei n° 4.546 de maio de 2014, que criou o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. As mudanças foram mais referentes a questão administrativa da instituição.

Além disso, também manteve um veto do prefeito Mauro Mendes (PSB) a um projeto do vereador Allan Kardec (PT) que propõe mudanças na lei que trata sobre contratação de servidores.

A mensagem de n° 32, que prevê alterações na Lei que obriga a instalação de ambulatórios médicos em shopping-center e supermendados, também estava na pauta de votação. No entanto, não foi apreciada graças a um pedido de vistas do vereador Chico 2000 (PR).

Assessoria de Imprensa - Kamila Arruda.



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
30/03 - Prefeito atende pedido da Câmara e suspende reajuste de tarifa de água e esgoto
30/03 - Vereadores destinam R$ 8,7 mi em emendas para combate ao COVID-19
30/03 - Vereadores destinam R$ 8,7 mi em emendas para combate ao COVID-19
30/03 - Prefeito atende pedido da Câmara e suspende reajuste de tarifa de água e esgoto
30/03 - Adevair classifica como positiva sessão remora e elogia trabalho da TI
30/03 - Câmara de Cuiabá destina emendas parlamentares para o combate ao Coronavírus
27/03 - Juca do Guaraná Filho destaca doação de R$ 2 mi para combate ao Covid19
27/03 - Vereador Orivaldo destina mais de R$ 500 mil em emendas ao combate do Covid-19
26/03 - Câmara é o primeiro Parlamento no Estado a realizar sessão "virtual "
26/03 - Câmara de Cuiabá transfere R$ 2 Milhões para compra de insumo na Conta Única do Município
26/03 - Câmara de Cuiabá transfere R$ 2 Milhões para compra de insumo na Conta Única do Município
26/03 - Câmara é o primeiro Parlamento no Estado a realizar sessão "virtual "
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.