Início
NOTÍCIAS
22/09/2015
Mesa garante permanência dos artesãos no Beco da Matriz até chegada do projeto de lei
Luiz Alvez - Secom.
Plenário da Casa de Leis.
A Mesa Diretora da Câmara de Cuiabá garantiu nesta terça-feira (22), que não deixará o Executivo Municipal desocupar o Beco da Matriz enquanto o projeto de lei que regulamenta a atividade dos artesãos no local não chegar ao Parlamento.
Os comerciantes temem ser “despejados” e ficar sem nenhuma fonte de renda para manter suas famílias. Por conta disso, eles retornam ao Legislativo na manhã de hoje. 

Na semana passada, os vereadores promoveram uma reunião entre a categoria e o Executivo Municipal. Na oportunidade, ficou acordado que seria encaminhado a Casa de Leis, dentro de um prazo de 10 dias, um projeto de lei que garantiria a permanência dos artesãos no beco da matriz.

Enquanto isso, os comerciantes permaneceriam no local. O presidente do Legislativo Municipal, vereador Julio Pinheiro (PTB) garantiu a eles que a Câmara ira cobrar da prefeitura o cumprimento deste acordo.

“Não vamos admitir que este acordo seja descumprido. Estamos lidando com trabalhadores que estão naquele local há mais de 20 anos. A Câmara de Cuiabá está atenta e irá pela permanência dos artesãos no Beco da Matriz”, disse o petebista.

Os artesãos foram notificados para deixar o local em cumprimento a uma ordem de desocupação. A retirada foi determinada pela Justiça após uma ação civil pública, proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE), pedindo que a Prefeitura Municipal de Cuiabá faça a desocupação da rua.

O Executivo Municipal notificou os comerciantes e deu um prazo para eles deixar o local, o qual venceu na última semana. Os comerciantes, entretanto, continuam no Beco.

A fim de evitar que eles deixem o local em definitivo, a Câmara sugeriu que a Prefeitura encaminhasse a Casa de Leis um projeto transformando o Beco em calçadão, uma vez que o local já não é utilizado para tráfego de veículos.

A medida foi acatada pelo Executivo. Diante disso, ficou acordado que a Procuradoria Geral do município ficaria responsável pela elaboração deste projeto, enquanto a secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico cuidaria das questões estruturais e organizacionais como garantir a regulamentação dos profissionais que atuam naquele local.

Na ocasião, o secretário de Ordem Pública, Coronel Henrique deu um prazo de mais dez dias aos artesãos. Este período será para garantir a regularização da situação.

Até o momento, entretanto, o projeto não foi encaminhado a Casa de Leis. As negociações entre Executivo e os comerciantes 
também não avançaram, conforme a presidente da Associação Mato-grossense dos Artesãos.

Diante disso, o vereador Adevair Cabral (PDT) apresentou na sessão plenária desta terça-feira (22) um projeto de lei que transforma o Beco da Matriz em calçadão.

A intenção do pedetista é justamente evitar que os artesãos sejam retirados daquele local, que já se tornou um ponto turístico no município.

Assessoria de Imprensa - Kamila Arruda.



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
21/01 - Chico acredita que mais de R$ 300 mi em impostos foram sonegados da Capital nos últimos 5 anos
21/01 - Vereador destina R$ 300 mil ao Hospital do Câncer e ao Hospital Santa Helena
21/01 - Câmara de Cuiabá aprova reestruturação do Conselho do Idoso
21/01 - Lei garante isenção de taxas de concursos para mães de crianças com microcefalia em Cuiabá
20/01 - Emendas modificativas a LOA 2020 vão possibilitar mais investimentos nas áreas sociais e desportivas
20/01 - Moradores do bairro Barbado recebem Centro Comunitário reformado
20/01 - Lei proíbe empresas envolvidas com corrupção de receber incentivos fiscais em Cuiabá
20/01 - Câmara busca solucionar impasse entre músicos e Executivo Municipal
20/01 - Lei proíbe empresas envolvidas com corrupção de receber incentivos fiscais em Cuiabá
20/01 - Câmara busca solucionar impasse entre músicos e Executivo Municipal
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.