Início
NOTÍCIAS
24/04/2014
Réplicas de arma de fogo podem ser proibidas em Cuiabá
Secom/ Câmara Municipal de Cuiabá
Vereador Dilemário Alencar

Preocupado com os índices de violência e acidentes provocados por armas de fogo na Capital, o vereador Dilemário Alencar (PTB) apresentou na Câmara de Cuiabá projeto de lei que pretende proibir a fabricação de brinquedos que sejam réplicas ou simulacros de arma de fogo na cidade.


De acordo com a lei, além de proibir a fabricação e a comercialização destes brinquedos, os estabelecimentos que praticam esta atividade são obrigados a afixar, em local visível, cartaz informando sobre esta proibição para que todos tenham consciência da lei.


De acordo com o ‘Mapa da Violência 2013: Mortes Matadas por Armas de Fogo’, um levantamento do Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos (CEBELA), publicado no ano passado, entre os anos de 2000/2010, houve uma queda de 41,5 % em Cuiabá no número de óbitos por armas de fogo, sendo que em 2010 chegou-se a 158 mortes.


O estudo também mostra que, no período de 1980 a 2010, “o crescimento da mortalidade entre os jovens foi bem mais intenso que no resto da população... Se para todas as idades os números cresceram 346,5% ao longo do período, entre os jovens esse crescimento foi de 414,0%”.


“Precisamos atuar sobre esta cultura da violência e, se trabalharmos desde a infância, estaremos contribuindo para mudar todos os índices que hoje nos assustam tanto”, frisa Dilemário.


No projeto de lei do vereador, diante do descumprimento, as instituições poderão receber as seguintes sanções, além de também poder arcar com as consequências cíveis e criminais, primeiramente, Advertência; depois, Multa de 200 (duzentas) Unidades Financeiras Municipais (UFMs); Interdição Parcial ou Total da atividade; ou ainda a Cassação do Alvará de Localização e Funcionamento do estabelecimento.


A proposta do vereador Dilemário Alencar já está em fase de apreciação nas Comissões da Câmara de Cuiabá. "Além de não contribuir com a cultura da violência, podemos evitar muitos assaltos, pois esses simulacros são usados também na prática de crimes", ressaltou o vereador.

Luciana Oliveira Pereira



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
04/06 - Câmara de Cuiabá faz Live com Delegada de Defesa da Mulher com tema Violência
04/06 - Nota de Pesar| Antônio Tavares
04/06 - Projeto que regulamenta prova do laço é aprovada pela Câmara de Cuiabá
04/06 - Câmara de Cuiabá aprova quatro projetos de leis durante sessão desta quinta, dia 04
04/06 - Nota de Pesar | Adriano Silva
03/06 - Nestor Fidelis ratifica declarações a Defaz durante oitiva junto a CPI da Semob
03/06 - CPI do Feminicídio realiza três oitivas nesta quarta-feira
03/06 - CCJR analisa 23 processos legislativos em reunião ordinária
03/06 - Obras de pavimentação do bairro São João Del Rey estão à todo vapor e rua receberá rede de esgoto
03/06 - Riva não nega participação de Emanuel Pinheiro em esquema de ‘mensalinho’
03/06 - Atendimento preferencial aos contadores e técnicos de contabilidade agora é lei
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.