Início
NOTÍCIAS
17/07/2013
Onofre Júnior: seis meses de muito trabalho na Câmara de Cuiabá

O vereador e jornalista Onofre Júnior (PSB) demonstrou, nos primeiros 6 meses desse ano, que dedica o mandato à defesa dos interesses de Cuiabá. Ele foi um dos parlamentares mais atuantes na Câmara Municipal e que mais apresentaram propostas no Legislativo no primeiro semestre de 2013.

Onofre apresentou 288 indicações, 7 projetos de lei, 4 projetos de decreto e 18 requerimentos, além de desenvolver ações sociais em vários bairros da capital e participar das principais discussões do Legislativo, como a criação da Lei Municipal de Aquicultura, a redução na cobrança do IPTU, ampliação do passe-livre, situação dos ambulantes da Avenida Beira Rio, defesa dos direitos do consumidor, entre outros.

Um dos projetos que mais ganharam repercussão trata do fim da Lei da Mordaça, que exigia cadastro de leitores que fazem comentários em sites e jornais de Cuiabá com dados como RG, CPF, endereço completo e e-mail, o que abria precedentes para perseguições. Atendendo projeto de autoria do vereador Onofre, a Prefeitura Municipal j
A revogação se deu com a sanção do prefeito Mauro Mendes (também do PSB) ao projeto de lei de autoria de Onofre Júnior que acabou com a Lei 5.384/2011. A exigência foi criada na Legislatura.  Para o parlamentar, isso finalmente restabelece o respeito à Constituição Federal, que prevê que essa tipo de lei só pode ser criada pela União.

Onofre também teve aprovados projetos de lei que obrigam fornecedores de serviço e produtos a se comprometerem, mediante declaração, com prazo de entrega combinado com o consumidor; que proíbe cobrança de taxa de religação para fornecimento de água; e uma emenda à Lei Orgânica do Município para garantir que supermercados e hipermercados reservem pelo menos quatro caixas especiais e individualizados para atendimento diferenciado de idosos, gestantes, pessoas deficientes, portadores de obesidade, doadoras de sangue e mães com crianças de colo.

Esses projetos foram aprovados em primeira votação e aguardam a segunda e última apreciação em plenário, o que vale também para os projetos de lei que proíbem estabelecimentos comerciais de usarem papeis termo sensíveis nas máquinas eletrônicas para imprimir cupons fiscais.

Na qualidade de 1º vice-presidente do Legislativo, Onofre tem ainda a responsabilidade de conduzir as sessões plenárias e representar o Parlamento quando o presidente, João Emanuel (PSD) não estiver presente em função de outras atribuições do cargo.

Assessoria de Gabinete



Imprimir Voltar Compartilhar:  




+ Notícias
03/12 - CPI dos Medicamentos recebe novos documentos e adia leitura do relatório final
03/12 - Voluntários são homenageados em Sessão Solene
03/12 - Câmara realiza Sessão Solene em homenagem ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
03/12 - PL que beneficia pessoas com deficiência é aprovado e encaminhado ao Executivo
02/12 - Comissão debate sobre projeto de regularização fundiária
02/12 - Câmara aprova pareceres de projeto que cria política de combate a incêndios
02/12 - Câmara aprova projetos, requerimentos e pareceres na sessão desta quinta
02/12 - ADIADA - CPI entrega relatório final
02/12 - Vereador sugere a construção de um Memorial em homenagem às vítimas da covid-19
02/12 - Maria Avalone apresenta retrospectiva das conquistas como vereadora em cinco meses de mandato
02/12 - Vereadora pede convocação de secretária de saúde para explicar paralisação do hospital São Benedito
SESSÃO AO VIVO
INFORMES
Praça Moreira Cabral - Centro - s/n - Cuiabá-MT - CEP 78020-010 - Fone: (65) 3617-1500
Desenvolvimento: Secretaria de Comunicação - Todos os direitos reservados © 2018
O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira das 7:00hs às 18:00hs.